Pela terceira vez consecutiva, aconteceu o concurso Queijos do Brasil o último foi em outubro de 2017.  O certame faz parte da programação do Semana  Prazeres da Mesa. Três anos, e nenhum queijo paranaense entre eles. Nenhum selecionado e nem participando e tem queijo no Brasil todo.

Tenho contado e repetido a minha insatisfação :

-Por que os queijos paranaenses não têm destaque nacional?

Como estão os queijos da Gastronomia do Paraná?

Os de Minas Gerais, são o exemplo mais reconhecido.

Daí vem a pergunta, quais queijos que nós temos que poderiam concorrer? Conhecemos alguns queijos produzidos com leite pasteurizado que ficam de fora. E os queijos produzidos com leite cru, eles existem?

concurso-queijo-expo

Quando julho chegar saberemos  a Emater lançou o concurso que mapeará nossos produtores artesanais. Atenção Curitiba e região metropolitana, ainda dá pra participar!!!

Podemos comemorar o avanço, depois teremos que apoiar com cursos de afinação e, posteriormente, com a promoção dos produtos.

Legislação

Passo importante para que nossos produtores mostrem a cara e seus queijos, claro, é aprovar e regulamentar a Lei que permite o uso de leite cru e maturação, o que faz toda a diferença quando se quer sabor.

Sem entender de produção e legislação, ajudei como pude na divulgação do projeto de lei n. 818/2015 do professor Lemos, do PT. Para a audiência de apresentação aos deputados, na votação do substitutivo, fui socorrida pela jornalista e especialista no assuntoDébora Pereira e consegui um vídeo dela falando sobre o tema.

Confira abaixo o link do vídeo da Débora Pereira:

A repórter do Bom Gourmet, deste jornal, também fez matérias.

http://bit.ly/Lei_Queijo_Artesanal_Paranaense

O substitutivo recebeu mais uma alteração e aguarda a análise da Comissão de Cidadania e Justiça. Nova audiência deverá ser marcada. Estamos acompanhando.

 

Concurso de Queijos Paranaenses feito pela Emater

 

Concurso da Emater Queijos Paranaenses

Concurso da Emater Queijos Paranaenses

Concurso da Emater de Queijos Artesanais Paranaenses

Flávia Rogoski, do Bon Vivant, foi jurada durante etapa do Concurso da Emater que aconteceu na Expô Londrina, semana passada. Ela já é mestre queijeira e está  especializando-se com a Débora, que mora em Paris e tem vindo regularmente para ministrar cursos em Minas Gerais. Com certeza, Flávia terá papel fundamental para avançarmos.

Foram avaliadas, 30 amostras de queijos.

Foram avaliadas, 30 amostras de queijos.                                

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Foram 30 amostras, 3 selecionados para a final aqui em Curitiba.
Flávia pode constatar o interesse dos produtores e disse que haviam bons queijos nesta etapa.

Neste exato momento ela está em Paris conhecendo produtos e produtores guiada pela Débora. Siga a empresária no Instagram (@frogoski)para acompanhar essa aventura e não deixe de ver também o trabalho da Débora Pereira.

Mensagem via Site