Não é muito fácil achar receitas em livros, sites e revistas que funcionem, já ouvi histórias sobre como as ditas são reproduzidas, nem sendo testadas muitas vezes, o que faz só aumentar a minha desconfiança. Também quero sempre dar o crédito, então, preciso da autorização do autor antes de publicá-las, apesar de desconfiar de que ninguém respeita isso. Após essa constatação, digo que tenho alguns eleitos na minha lista de publicações e chefs preferidos, que sempre vão aparecer aqui. Um deles é Andoni Luis Aduriz, do restaurante Mugaritz, no país Basco. Sou fã confessa. Admiradora do seu trabalho há anos etc e tal. Tenho me aventurado por um dos seus livros, o “Bacalao”, que conta tudo sobre o peixe, além de listar receitas, é claro. Não esqueço do croquete de bacalao, entre outras receitas, até hoje, depois de anos. Estou nas receitas mais fáceis ainda, por enquanto, e nem sei se me lançarei em desafios maiores, confesso, ando preguiçosa. Como tenho um amigo catalão, que gosta muito de cozinhar, aproveito para escolher um dos pratos do livro quando ele é nosso hóspede, assim também tenho ajudante para a tradução.

Desta vez escolhi uma salada de bacalhau, que não levou a nota máxima, desconfio que por conta da peça de bacalhau escolhida, definitivamente, não gosto dos dessalgados, mas ficou muito bom.

saladadebacalhau

Ensalada de bacalao y rúcula, vinagreta de hierbas y frutos secos

Quatro pedaços de posta de bacalhau dessalgado, de aproximadamente 175g cada um. Quatro punhados de brotos bem limpos de espinafre, coração de alface americana, rúcula  (sem descobrir ao certo o que era oruga, acho que um tipo de mostarda, coloquei outro tipo de alface, como a mimosa baby, folhinhas de coentro e outras ervas).

Para o vinagrete: seis colheres de azeite de oliva extra-virgem; duas colheres de vinagre de Jerez; uma colher de amêndoas tostadas; uma colher de salsinha picada e outra de cebolinha picada; sal.

Para quatro pessoas.

Elaboração da salada

Colocar água em uma panela e, sobre ela, uma peneira para ir ao fogo. Colocar os quatros pedaços de bacalhau e cozinhar no vapor por sete a oito minutos, dependendo do tamanho das postas. Depois de cozido, tirar a pele e as espinhas e separar a carne em lâminas. Banhar as lascas no vinagrete feito com duas colheres de azeite e uma de vinagre de Jerez.

Para o vinagrete

Fazer outro vinagrete com o resto do azeite e uma colher de vinagre de Jerez. Incorporar as amêndoas, a cebolinha, a salsinha e o sal.

Apresentação

Colocar no centro do prato ou travessa as lâminas do bacalhau e, sobre elas, as folhas de verdura, que delicadamente e previamente foram banhadas com o vinagrete de frutos secos e ervas. Colocar ao redor delicadamente o restante do vinagrete e servir imediatamente.

Mensagem via Site