Embalada pelo lançamento da nova revista Bom Gourmet, do jornal Gazeta do Povo, em que modestamente dou a minha contribuição, assino a coluna “Sabores do Mundo”, fui cozinhar. Data especial, receberia uma grande amiga e sua filha, minha vizinha agora e possível colaboradora do blog. Não tive muito tempo para os preparos de antecedência que gosto, mas arrisquei assim mesmo a fim de cumprir o convite feito há algum tempo. O prato principal escolhido foi preparado pela chef Roberta Sudbrack num jantar para o Rei Juan Carlos e a Rainha Sofia, quando a chef estava na cozinha do Palácio do Planalto. Uma das poucas receitas que ainda não preparei do livro “Uma chef, um palácio”. Acertei! Fiquei um pouco atrapalhada com o preparo do lagostim, nunca tinha feito. Cortei a ponta dos dedos tirando as cascas, tive que aferventar antes e na receita não mencionava nada, mas deu certo. Fiquei temerosa com o resultado, não segui a recomendação de não preparar um prato pela primeira vez para convidados, por isso, reservei metade da massa e coloquei camarão no recheio, perdeu longe para o crustáceo indicado na receita. Também não encontrei a flor de abobrinha na minha fornecedora preferida, a Sidnéia do Mercado Municipal de Curitiba (3264-6560), fiz sem, não senti falta. Preciso contar ainda que desconfiei do molho, achei que não daria a quantidade suficiente para cobrir os raviólis, errei, pode confiar na receita, fica muito bom. Vai para a lista dos pratos preferidos. Sonhei com os refinados raviólis, feitos para brilhar em datas especiais.

Ravióli de inhame e lagostins

Ingredientes (para oito pessoas)

2 inhames (grandes) cozidos

270g de manteiga gelada

gotas de tabasco

1kg de massa fresca

24 lagostins pequenos

1 cebola finamente picada

1 cálice de vinho branco seco

2 colheres de sopa de vinagre de vinho branco

3 xícaras de flores de abobrinha

2 tomates sem pele e sem sementes em pequenos cubos

ciboulette fatiada

sal e pimenta-do-reino moída na hora

Modo de preparar

Passe os inhames cozidos ainda quentes por uma peneira fina.

Adicione 20g de manteiga gelada. Bata bem para emulsionar. Tempere com sal e gotas de tabasco de modo que fique ligeiramente picante. Abra a massa fresca, recheie cada uma com um lagostim e uma colher de café de purê picante de inhame e faça raviólis médios.

Molho

Coloque a cebola, o vinho e o vinagre em uma panela e deixe reduzir em fogo alto até quase secar. Deve restar mais ou menos uma colher de sopa de líquido. Abaixe o fogo e incorpore a manteiga gelada restante em pedaços e sem deixar ferver, até formar um molho cremoso. Coe e tempere com sal e pimenta-do-reino moída na hora. Acrescente as flores de abobrinha ao molho ainda quente e deixe em infusão por alguns instantes para cozinhar ligeiramente. Cozinhe os raviólis em água fervente com sal até ficarem al dente. Sirva com o molho e enfeite com os tomates e a ciboulette.

Mensagem via Site