Andei por aí, fui até Lima ver o que tinha de novo na gastronomia da capital peruana, passei pelo prêmio dos Melhores da Prazeres da Mesa, em São Paulo, participei da reunião para conhecer o projeto Farofa “Aquarela do Brasil” e ver como será a participação do Paraná e depois fiquei de molho pra me recuperar de um resfriado que vai e volta.

Sobre o Farofa: tome nota. Evento paralelo ao Mesa São Paulo e ao Congresso Tendências, todos organizados pela revista Prazeres da Mesa, acontecerá no Memorial da América Latina, de 26 a 29 de outubro. O Paraná estará lá com seus produtos e produtores. Imperdível pra quem é da área.

Voltando ao curso da Universidade Positivo, de pós-graduação em Chef de Cuisine Nacional e Internacional, acabei perdendo algumas aulas da Cozinha Regional Brasileira, terei que recuperar no semestre que vem.

Último dia de aula com a professora Flávia Gazola , foto do grupo, claro

Fim do módulo com a professora Flávia: foto do grupo, claro

E a última aula pareceu encomendada. Com muito tucupi e jambu na geladeira que vieram na mala direto da Amazônia, havia combinado um dia antes um jantar na casa de amigos. A ideia era cozinhar, o menu: pato no tucupi, que eu nunca preparei. Minha amiga é acreana e entende do riscado. Pela minha empolgação já podem imaginar o prato principal da aula? Ravióli de pato com tucupi. Melhor não poderia.

Linha de montagem do ravióli de pato com tucupi

Pouco tempo para conhecer a professora. Só sei que Flávia Gazola trabalhou com Joy Perini no Zea Maïs e que aguarda a chegado do Gabriel, se não estou enganada do nome. Dedicada e objetiva, ganhou a simpatia dos alunos que foram brindados com boas receitas. Uma delas a do ravióli que está aqui. E eu espero retomar as aulas tranquilamente agora até a próxima viagem.

Flávia Gazola ensinando os alunos da pós-graduação

O tucupi vai na carne e depois o ravióli é cozido no caldo para acentuar o sabor

Aqui os ingredientes. Receita em PDF e pressa para publicar, vai em foto

Aqui as últimas observações. Você pode acrescentar o caldo no pato desfiado para dar mais sabor e depois cozinhar o ravióli também. Para a massa: 200g de trigo; sal; 2 ovos. Para a manteiga: frite o jambu e a pimenta na manteiga, tempere com sal e reserve. Será testado no jantar para amigos, conto depois.

Mensagem via Site