O assunto do post é o Mesa Tendências, que já está aí, começa nesta terça-feira (25). Um orgulho ver que temos três representantes paranaenses no principal evento de gastronomia do país. Algo inédito, pelo o que eu sei. Não faz muito tempo, eram poucos até na plateia.

Comemoro as participações. Além da veterana Manu Buffara (restaurante Manu), de Lênin Palhano (restaurante Nomâde), que faz sua estreia, comemoro mais emocionada ainda a apresentação da Rosane Radecki (restaurantes Girassol e Alecrim, em Palmeira) e do Renê Seifert Júnior (O Pão da Casa, em Witmarsum) porque foi por meio do projeto Gastronomia Paraná que eles chegaram lá.

Lênin estará no evento promovido pela revista Prazeres da Mesa

Lênin, na foto no Mesa ao Vivo Paraná, estará no evento promovido pela revista Prazeres da Mesa

Pão no bafo

A apresentação da Rosane com o prato “pão no bafo” (na foto no Mesa ao Vivo Paraná) resume o objetivo do projeto: resgatar receitas tradicionais pouco conhecidas, valorizar produtores e ingredientes regionais, fortalecer nossos chefs e a cultura alimentar local para promover o turismo.

Foram quase quatro anos trabalhando para que isso acontecesse. Uma pena que o projeto foi interrompido, porém, conseguimos mostrar o que queríamos, acho que podemos festejar um pouquinho. O Paraná tem um longo caminho ainda, a estrada foi recém aberta, agora é empurrar a porteira e seguir.

Nossos chefs estarão ao lado dos grandes nomes da gastronomia mundial. O Mesa Tendências é considerado o maior congresso da América Latina, que inclui o Semana Mesa SP. Nesta edição, o tema é “Saúde, prazer e os novos rumos da gastronomia”.

Entre as atrações internacionais, é aguardada a apresentação do espanhol Albert Adrià, irmão de Ferran e tão criativo quanto o genial cozinheiro, dono do famoso restaurante elBulli, e também de outros chefs, como o colombiano Juan Manuel Barrientos, o português José Avillez, o italiano Dario Checchini, representando o movimento Estados Unidos de la Carne juntamente com o peruano Renzo Garibaldi, entre outros.

A seguir mais informações do evento com o texto da assessoria de imprensa. Ainda dá tempo de participar.

O Brasil se apresenta com um time forte de embaixadores de diferentes regiões, como Alex Atala, Felipe Bronze, Alberto Landgraf, Jefferson Rueda, Janaina Rueda, Ana Luiza Trajano, Juarez Campos, Leo Paixão e Mara Alcamim. O desafio deles é compartilhar conhecimento, promover a cultura gastronômica, apresentar produtores, técnicas e tendências ao público formado por amantes do assunto, estudantes, empresários e profissionais. Tudo isso acontece ao longo do evento, de 25 a 27 de outubro, no Centro Paula Souza – Etec Santa Ifigênia.

Mão na massa

Paralelamente às conferências de chefs e especialistas, acontece o Mesa ao Vivo São Paulo, um painel com quase 50 aulas práticas com chefs de diferentes cidades e vertentes. Culinárias de diferentes estilos e origens, vinho, cerveja, panificação, cafés, confeitaria e queijos são alguns atrativos. Com passaportes que dão direito a se inscrever nos cursos e acesso a degustações diversas, o público seleciona os temas que mais o interessam por a partir de R$90/dia. E os alunos têm contato com profissionais como Vitor Sobral, Guga Rocha e Kátia Barbosa.

Estreias da edição

Os auditórios da Etec vão sediar ao menos três projetos inéditos durante o Semana Mesa SP. O Doce Mesa vai reunir três aulas por dia de confeitaria (R$ 70) com alguns dos chefs pâtissiers mais premiados do meio, como Carole Crema, Lia Quinderé, Lucas Corazza, Rafael Barros e Mara Mello. Além disso, o Festival de Queijos Artesanais abriga o Prêmio Queijo Brasil, sob a tutela do “Mestre Queijeiro” Bruno Cabral e participação de 150 inscritos, e também uma programação especial de aulas e palestras ministradas por especialistas e produtores – algumas gratuitas, outras por R$ 20. E, ainda, as cervejas especiais ganham espaço próprio batizado de Mundo de Espuma, com curadoria do Instituto da Cerveja, e aulas compostas por degustações dirigidas.

Farofa

Produtores selecionados de diferentes cidades brasileiras aportam na capital paulista para mostrar seu trabalho e novidades aos visitantes no formato de uma feirinha. Eles integram a programação do Farofa, espaço que abriga também food trucks e stands, com entrada gratuita e produtos a preços promocionais. Este ano, parte das barracas será ocupada por chefs consagrados, como Heloisa Bacellar, Raphael Despirite e Checho Gonzales que venderão quitutes, comidinhas e pratos por até R$ 20. Na ala dos food trucks, alguns destaques são o Mocotó Aqui e Buzina.

Jantar magno

O Semana Mesa SP também aproveita a presença dos chefs internacionais ilustres na cidade para promover um jantar especial que os coloca na cozinha com talentos brasileiros. Em 26 de outubro, o espanhol Albert Adrià divide a bancada com Alex Atala, Felipe Bronze, Rodrigo Oliveira e o colombiano Juan Manuel Barrientos, no restaurante Dalva e Dito, para uma noite memorável e um menu colaborativo.

Mesa aposta

Empreendedores determinados em ingressar no mercado gastronômico têm a oportunidade de participar de um concurso que premia startups dedicadas à área. O Mesa Aposta funciona como uma vitrine para projetos e patrocinadores se encontrarem, seja em iniciativas voltadas para o comércio, serviços, indústria ou ONGs, que se encaixem nas categorias: sustentabilidade, educação, ou distribuição/cadeia produtiva. O concurso divulga seis vencedores, que passam por uma rodada de negócios com um comitê anjo, votação popular dos participantes do congresso Mesa Tendências e oferece prêmios do Mundo Mesa e apoiadores do Mesa São Paulo2016. As inscrições foram até 10 de outubro.

Serviço:

Semana Mesa São Paulo:

25 a 27 de outubro

Centro Paula Souza – Etec Santa Ifigênia

Rua General Couto de Magalhães 145

Programação completa:

http://www.chef2share.com.br/chef2share/semanamesasp2016/

 

Mensagem via Site