Abre na próxima quarta-feira (22/6), no Unibes Cultural, em São Paulo, a exposição Panoramas da Comida no Brasil, a primeira do fotógrafo de gastronomia Sérgio Coimbra. Quem conhece o belíssimo trabalho dele – o seu Studio SC é famoso entre os profissionais do setor – sabe que será um programa obrigatório. A curadoria é do chef Alex Atala, que selecionou pratos de chefs brasileiros – a paranaense Manu Buffara entre eles – para a mostra. São dois núcleos: um com comidas de rua e outro sobre a produção da gastronomia contemporânea brasileira. Estão lá o acarajé e o pastel, por exemplo, com a nossa multiculturalidade, bem como pratos da chamada “nova geração da cozinha brasileira”. Pura vanguarda. No programa ainda, palestras sobre arte e cultura, alimentos não regulamentados e imigração e uma feira de gastronomia aos sábados, com as barracas retratadas na exposição, além de mostra de vídeos, making off das produções e depoimentos. As fachadas do prédio também receberão imagens ampliadas. A exposição tem quatro fotos que venceram o Festival Internacional de la Photographie du Tourisme Gastronomique de Paris, em 2011, e fotos inéditas produzidas em 2015. Atala e Coimbra são amigos e co-fundadores e conselheiros do Instituto ATÁ. Para Atala, o fotógrafo é o melhor do mundo na área, “uma referência”. Acho que essa indicação basta para aguçar a curiosidade do público interessado em gastronomia, arte e cultura. Nem preciso dizer que é obrigatório para cozinheiros. Coimbra trabalhou 25 anos no setor cafeeiro e se especializou com fotógrafos de Nova York e do Brasil. No seu trabalho é notável a sensibilidade estética e relação entre a luz e a textura dos alimentos. Escolha perfeita para uma exposição onde a comida é a grande atração.

O prato da Manu selecionado para a exposição

O prato da Manu selecionado para a exposição

 

Quem frequenta o restaurante da chef Manu Buffara já viu essa cena muitas vezes. Ela é incansável seja no preparo ou na montagem dos pratos.

Manu levou mais pratos para a sessão de fotos do que os três pedidos. Ela é assim, esforçada e dedicada ao máximo. “Queria mostrar as minhas origens”, explicou. Mais uma vez  a chef vai divulgando seu trabalho e o nosso Estado.

A concepção do projeto é de Felipe Ribenboim e foi realizado em parceria com a Foodpass. A ideia dos organizadores é fortalecer a relação entre a comida e o cotidiano das pessoas, “compreendendo a gastronomia como expressão artística e cultural”. Em cartaz até 8 de agosto, com entrada franca. Programação completa aqui neste link. Veja a lista de chefs que participam da exposição:

Helena Rizzo e Dani Redondo (Maní | SP), Bel Coelho (Clandestino | SP), Mara Salles (Tordesilhas | SP), Rodrigo Oliveira (Mocotó | SP), Shoshana Baruch (Casa Bulgara | SP), Jean Ponce (Guarita Bar | SP), Olinda Isper (Tenda do Nilo | SP), Jerônimo Villas-Boas (Meliponicultor | SP), Felipe Rameh (Alma Chef | MG), Felipe Schaedler (Banzeiro | AM), Thiago Castanho (Remanso do Bosque | PA), Manu Buffara (Manu | PR), Eudes de Assis (Taioba | SP), Felipe Bronze (Oro | RJ), Barbara Verzola e Pablo Pavon (Soeta | ES), Ivan Ralston (Tuju | SP) e Ana Bueno (Banana da Terra | RJ).

Serviço

Data: de 22 de junho a 08 de agosto de 2016

Local: Unibes Cultural | Rua Oscar Freire, 2500 – Sumaré

Horário: segunda a sábado, das 10h às 19h

Entrada: Gratuita

Mensagem via Site