Londres não era lembrada por um lugar para se comer bem. Ao contrário, a má-fama afastou muita gente de lá, eu inclusive. Isso mudou, claro. Hoje, não tem cidade que não se esforce em oferecer uma gastronomia de qualidade, que chame turistas e atenda o público local cada vez mais exigente. Fiquei surpresa quando visitei a capital inglesa justamente para ver se era verdade o que falavam.

Por isso, também fiquei interessada no livro “Comendo Londres” do jornalista Daniel Buarque e também porque guias costumam nos tirar de dúvidas sobre onde ir. Vou seguir esses peixinhos. Depois de ter morado lá, o autor quer provar que Londres mudou e mudou para melhor, “é possível comer bem na capital inglesa”, afirma.

Sobre o livro

A obra, com 240 páginas, é uma coedição entre as editoras Livros de Comida e Aeroplano e tem prefácio escrito pelo ex-correspondente da Globo em Londres, Roberto Kovalick.

adanielbuarque2

Capa do livro “Comendo Londres” publicada na página do facebook do autor

Mais detalhes enviados pela assessoria de imprensa estão aqui.

Dividido em 14 capítulos, apresentados como um menu, o livro trata dos pratos mais tradicionais e estranhos da alimentação britânica, debruça-se sobre a história de costumes como o fish and chips, o rosbife, o feijão servido no desjejum, as batatas e o chá.

Trata ainda do fortíssimo hábito de frequentar pubs, onde se toma a cerveja inglesa, a ale, uma bebida viva tão deliciosa e diferente das cervejas mais populares no Brasil.

A obra inclui ainda sugestões de passeios fora de Londres e fala sobre as sobremesas britânicas. Tudo como numa excelente refeição completa.

Em “Comendo Londres”, o autor compartilha o segredo para se apaixonar pela culinária da cidade e abrir horizontes em relação ao diferente. “Os ingleses comem feijão com molho adocicado no café da manhã – um brasileiro não precisa deixar de lado a sua experiência com o feijão do seu cotidiano ao experimentar a versão popular nos pubs de Londres, mas precisa não ter preconceito na hora de experimentar. Daí surgem ótimas experiências”, explica Daniel.

Sobre o autor

Buarque morou em Londres, é jornalista do jornal Folha de São Paulo e autor de “Brasil, um país do presente”, “Comendo a Grande Maçã” e “Por um fio – o mundo explicado pelo telefone”.

No livro o leitor encontrará dicas de pubs e feiras de ruas que fazem parte da cultura local. Buarque, na foto do facebook, quer que, como ele, todos se apaixonem pela culinária da cidade.

No livro o leitor encontrará dicas de pubs e feiras de ruas que fazem parte da cultura local. Buarque, na foto do facebook, quer que, como ele, todos se apaixonem pela culinária da cidade.

Serviço:

Comendo Londres

Autor: Daniel Buarque

Ano: 2017

Páginas: 240

Preço de capa: R$ 39,90

Editora: livrosdecomida e Aeroplano

Disponível nas livrarias a partir do dia 10/05

Mensagem via Site