Aceite o convite da chef Gabriela Carvalho, do restaurante Quintana, e seja também um “guardião da agrobiodiversidade”. Ela já é uma ativista – dedica parte do seu tempo a promover produtos e produtores, além da comida boa, limpa e justa, de acordo com os objetivos do Slow Food – e agora convoca seus colegas para participarem da Feira de Guardiões da Agrobiodiversidade.

Gabriela Carvalho, na foto de André Rodrigues, mostra sua geladeira  cheia de grãos e produtos das feiras orgânicas para matéria do Bom Gourmet

Gabriela Carvalho, na foto de André Rodrigues, mostra sua geladeira cheia de grãos e produtos das feiras orgânicas para matéria do Bom Gourmet

 

O evento é uma promoção do Instituto Agronômico do Paraná (Iapar) e acontece nesta sexta-feira (11/11). Não poderia deixar de divulgar a iniciativa aqui também.

Gabriela irá preparar um prato com feijão de um produtor regional e participar dos debates sobre o assunto.

Os organizadores da feira querem chamar produtores e os profissionais do setor de gastronomia para trocar informações sobre a cadeia produtiva e aproximar interessados para promover o equilíbrio da agrobiodiversidade do nosso Estado.

Gostaria de colocar o programa aqui, mas não estou conseguindo. Então, vai um resumo. O evento começa às 8h com um café, depois tem uma “mística teatral” sobre a importância dos guardiões. Às 9h30 abre a exposição, troca e comercialização de sementes, intercâmbio, reuniões de articulação etc.. Segue com almoço, visita de campo na MonteBello e na fazenda da UFPR.

À tarde tem palestra sobre a experiência dos guardiões em terras indígenas no Brasil, com Terezinha Aparecida Borges Dias, da Embrapa-DF.

Outras informações com Moacir Roberto Darolt ([email protected] –  (41) 3351-7325).

I Feira Nacional de Guardiões da Agrobiodiversidade

11 de novembro de 2016

Das 8h às 19h

Setor de Ciências Agrárias da UFPR

Rua dos Funcionários, 1540 – Juvevê

Curitiba – PR

Entrada franca

Mensagem via Site