Não sei se o movimento da casa de empanada do Hugo Volkis aumentou depois que saiu no jornal, ou porque o produto dele é bom mesmo. Antes, uma vizinha do argentino me segredou que morria de pena dele, porque logo que abriu a Don Hugo não entrava ninguém no estabelecimento e ele não se vazia de rogado, ia para frente da casa e tentava laçar quem passasse ali. Ousadia, boas empanadas e um pouco de mídia, todas essas alternativas juntas acabaram dando certo. Agora seu esforço é atender todo mundo que quer provar. Encomendas no horário que bate a fome? Esqueça. Se fosse aquele telefone preto antigo daria calo no dedo. É preciso chegar cedo ou enfrentar fila. Dando um “google” no nome dá para saber que fez sucesso por onde passou e já passou por muitos lugares. Espero que suas raízes aqui sejam longas porque a empanada que provei, são 120 sabores, é de deixar a boca salivando apenas pela lembrança da tradicional de carne moída, com azeitonas e ovo. Entrego de bandeja o segredo do sucesso: a empanada é úmida, bem temperada, tem contraste de sabores, até passas entra na receita, massa fina, é assada na hora e o recheio é generoso. Foi isso que me fez voltar. Leia a matéria com mais detalhes aqui.

Rua Machado de Assis, 322, Juvevê — (41) 3089-7970. De terça a domingo, das 16h30 às 22 horas.

 

Mensagem via Site