Andei por aí, fui até Lima ver o que tinha de novo na gastronomia da capital peruana, passei pelo prêmio dos Melhores da Prazeres da Mesa, em São Paulo, participei da reunião para conhecer o projeto Farofa “Aquarela do Brasil” e ver como será a participação do Paraná e depois fiquei de molho pra me recuperar de um resfriado que vai e volta.

Sobre o Farofa: tome nota. Evento paralelo ao Mesa São Paulo e ao Congresso Tendências, todos organizados pela revista Prazeres da Mesa, acontecerá no Memorial da América Latina, de 26 a 29 de outubro. O Paraná estará lá com seus produtos e produtores. Imperdível pra quem é da área.

Voltando ao curso da Universidade Positivo, de pós-graduação em Chef de Cuisine Nacional e Internacional, acabei perdendo algumas aulas da Cozinha Regional Brasileira, terei que recuperar no semestre que vem.

Fim do módulo com a professora Flávia: foto do grupo, claro

Fim do módulo com a professora Flávia: foto do grupo, claro

E a última aula pareceu encomendada. Com muito tucupi e jambu na geladeira que vieram na mala direto da Amazônia, havia combinado um dia antes um jantar na casa de amigos. A ideia era cozinhar, o menu: pato no tucupi, que eu nunca preparei. Minha amiga é acreana e entende do riscado. Pela minha empolgação já podem imaginar o prato principal da aula? Ravióli de pato com tucupi. Melhor não poderia.

Linha de montagem do ravióli de pato com tucupi

Linha de montagem do ravióli de pato com tucupi

Pouco tempo para conhecer a professora. Só sei que Flávia Gazola trabalhou com Joy Perini no Zea Maïs e que aguarda a chegado do Gabriel, se não estou enganada do nome. Dedicada e objetiva, ganhou a simpatia dos alunos que foram brindados com boas receitas. Uma delas a do ravióli que está aqui. E eu espero retomar as aulas tranquilamente agora até a próxima viagem.

Flávia Gazola ensinando os alunos da pós-graduação

Flávia Gazola ensinando os alunos da pós-graduação

O tucupi vai na carne e depois o ravióli é cozido no caldo para acentuar o sabor

O tucupi vai na carne e depois o ravióli é cozido no caldo para acentuar o sabor

Aqui os ingredientes. Receita em PDF e pressa para publicar, vai em foto

Aqui os ingredientes. Receita em PDF e pressa para publicar, vai em foto

img_6766

Aqui as últimas observações. Você pode acrescentar o caldo no pato desfiado para dar mais sabor e depois cozinhar o ravióli também. Para a massa: 200g de trigo; sal; 2 ovos. Para a manteiga: frite o jambu e a pimenta na manteiga, tempere com sal e reserve. Será testado no jantar para amigos, conto depois.

Mensagem via Site